Youse alega que a presença do Corretor encarece o Seguro

A Youse ainda desperta polêmica.

Recentemente o Corretor Rogério Rodrigues acessou a plataforma para fazer a simulação de um seguro e usou os dados do seu próprio veículo. No fim do procedimento, para sua surpresa, um atendente da seguradora disse que a Youse oferece um seguro mais barato porque não faz uso do trabalho dos corretores.

“Comentei sobre o valor ofertado por eles que é mais barato, foi quando o atendente justificou o custo, respondendo que eles não trabalham com Corretor”, contou.

Rogério relatou ainda que ficou chateado e surpreso com a forma que o representante da seguradora apresentou a justificativa sobre o valor mais em conta. “Deu a entender, não em termos claros, mas que o responsável pelo custo do seguro é o Corretor”.

Durante o processo, o Corretor alegou que não conseguiu identificar informações importantes como, a cobertura ideal, caso o veículo fosse utilizado para Uber. Percebendo que o site é razoável para quem possui um conhecimento prévio sobre seguros. Mas uma plataforma perigosa para uma pessoa leiga no setor.

Segundo o Corretor, sua intenção ao fazer a simulação era, inicialmente, conhecer o site e seu funcionamento. Mas confirmou que irá continuar visitando a plataforma e fazendo cotações com a Youse. “Vou criar um hábito de ficar fazendo cotações no site. Naturalmente eles terão um custo pela confirmação do seguro e no custo operacional, ao ponto de se tornar inviável esse tipo de negócio”, afirmou.

Rogério acredita que o melhor passo para evitar esse tipo de comentários é realizando uma divulgação e tornar público que não existe vilão no preço. Para ele, o custo do seguro varia conforme muitas questões, como o aumento de roubos e fraudes.

Fonte CQCS | Juliana Leite – https://www.cqcs.com.br/noticia/youse-alega-que-presenca-do-corretor-encarece-o-seguro

Comments are closed.

ATENÇÃO

Este site NÃO tem NENHUMA relação com o serviço de consulta cadastral chamado CREDINFO POSTAL.

Enquanto este site, o www.credinfo.com.br, refere-se a um software de gestão para Correspondentes, o serviço CREDINFO POSTAL parece ser um serviço interno de consultas dos bancos, onde deve funcionar como um serviço de consulta cadastral, tipo o Serasa. Também ouvimos relatos que tal serviço chamado de CREDINFO POSTAL é consultado nas agências dos Correios.

Portanto se seu CPF foi negativo pelo CREDINFO POSTAL, procure o banco ou uma agência dos Correios e se informe sobre a origem desta negativação. Nós não temos condições de ajuda-lo, já que desconhecemos a origem deste serviço.

Então o site www.credinfo.com.br nunca foi um sistema de consulta cadastral e nem será. É apenas um site que oferece um software para download para correspondentes calcularem suas comissões de propostas.

É apenas uma coincidência dos nomes, enquanto este site chama-se Credinfo.com.br, o serviço de consulta cadastral, onde provavelmente negativou seu CPF, chama-se CREDINFO POSTAL.