Está interessado em um imóvel e quer alugar? Sabia que para concluir a locação é necessário estar munido de uma apólice de seguros? Entenda.

O sócio da Pizzo Imobiliária (Salvador-BA), Tiago Barreto, conta que esta é uma obrigação contratual. É solicitado ao cliente que apresente uma apólice de Seguro Residencial. Ele explica que no ato da locação é passado os dados ao locador para que seja confeccionada a apólice.

“Apresentamos ainda uma cotação com valor médio, caso ele tenha interesse em fazer com nossa corretora parceira”, ressalta. Porém, o locatário fica livre para escolher a corretora e a seguradora de sua preferência, “o importante é que no momento de confirmar a contratação do imóvel, seja apresentada a apólice”, acrescenta.

Contratar o seguro é uma via de mão dupla, é bom tanto para o locatário, quanto para o proprietário do imóvel. No caso de um sinistro, pode evitar uma disfunção, referente aos danos causados ao imóvel, como relata Tiago. “O segurador estará coberto contra incêndio, danos elétricos. É um produto que relativamente não é caro. E pode evitar uma dor de cabeça futura”.

Nessa linha, a segurada Rejane Brito, compartilha a sua experiência ao contratar o seguro. Segundo ela, é muito importante contar com essa garantia, “pois além de estar coberta com qualquer acidente causado na casa, posso contar com serviços de assistências 24 horas, sobre danos elétricos, hidráulicos, e em computadores (Help desk)”.

Já a corretora Rita Granja, da Granja Corretora de Seguros (Salvador-BA), enfatiza que geralmente as pessoas não se interessam por seguro residencial, pois acham que é um seguro mais caro devido ao bem segurado. “Eles costumam comparar com o seguro de carro, além de ser um bem que tem baixo índice de sinistralidade”.

Mas, Rejane afirma que vale a pena a contratação. E cita um exemplo, “minha máquina de lavar quebrou, liguei para a seguradora, e ao informar o que ocorreu foi enviado um técnico para avaliar a situação. Comprei as peças solicitadas e o conserto foi gratuito. O serviço é útil, pois evita um custo de mão de obra”, finaliza.

Fonte CQCS – Crislaine Cambuí

Comments are closed.

ATENÇÃO

Este site NÃO tem NENHUMA relação com o serviço de consulta cadastral chamado CREDINFO POSTAL.

Enquanto este site, o www.credinfo.com.br, refere-se a um software de gestão para Correspondentes, o serviço CREDINFO POSTAL parece ser um serviço interno de consultas dos bancos, onde deve funcionar como um serviço de consulta cadastral, tipo o Serasa. Também ouvimos relatos que tal serviço chamado de CREDINFO POSTAL é consultado nas agências dos Correios.

Portanto se seu CPF foi negativo pelo CREDINFO POSTAL, procure o banco ou uma agência dos Correios e se informe sobre a origem desta negativação. Nós não temos condições de ajuda-lo, já que desconhecemos a origem deste serviço.

Então o site www.credinfo.com.br nunca foi um sistema de consulta cadastral e nem será. É apenas um site que oferece um software para download para correspondentes calcularem suas comissões de propostas.

É apenas uma coincidência dos nomes, enquanto este site chama-se Credinfo.com.br, o serviço de consulta cadastral, onde provavelmente negativou seu CPF, chama-se CREDINFO POSTAL.