Mato Grosso – Presa quadrilha que aplicava golpes na Caixa e no INSS

Uma pessoa foi presa e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos ontem em Rondonópolis e Pedra Preta, no sul de Mato Grosso, durante a Operação Mentor, da Polícia Federal. O objetivo foi desarticular uma associação criminosa que praticava crimes em desfavor da Caixa Econômica Federal (CEF), Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e outras instituições.

Conforme as informações, a associação praticava estelionato, contrafação e uso de documento falso em desfavor às instituições citadas. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Rondonópolis.

Uma pessoa foi presa, mas a polícia não informou a identidade dela, nem qual a ligação que teria com o crime. Foi lembrado ainda que, durante o cumprimento dos mandados, uma arma foi encontrada em uma das residências, mas sem registro de posse.

“Duas pessoas que estavam no local foram encaminhadas para a delegacia para prestar depoimento. Caso uma delas confesse que é dona da arma, será presa por posse ilegal”, lembrou a assessoria da PF.

Todos os mandados foram cumpridos, segundo a polícia. Uma série de documentos foram apreendidos e, agora, eles devem ser estudados para dar continuidade às investigações dos crimes.

Nas primeiras investigações, foi descoberto o uso de expedientes falsos para a abertura de contas na CEF e posterior, saques de empréstimos consignados, além de uma série de golpes aplicados mediante concurso de agentes e valendo-se de interposta pessoa para a execução do estelionato.

Não foi descartada a hipótese de uma nova fase da operação ser deflagrada a partir da análise dos documentos apreendidos, bem como o depoimento do homem que está preso. O INSS e a Caixa Econômica não se pronunciaram sobre a operação.

Fonte http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=486362
YURI RAMIRES

Comments are closed.