Na prática, o decreto 2.711, publicado em 24 de janeiro, autoriza a amortização de dívidas diretamente pelo sistema de pagamentos da Prefeitura

Manaus – A partir de agora os servidores da Prefeitura de Manaus poderão ter descontados diretamente da folha de pagamento débitos referentes a compromissos financeiros assumidos.

Na prática, o decreto 2.711, publicado em 24 de janeiro, autoriza a amortização de dívidas diretamente pelo sistema de pagamentos da Prefeitura, o que possibilitará ao servidor a negociação de melhores preços e juros, já que a possibilidade de calote fica quase nula.

Poderão ser descontados da folha de pagamento débitos referentes a financiamentos de casa própria, de gastos com planos de saúde e com a contratação de planos de previdência privada, dívidas com o comércio e até de cartão de crédito.

O desconto consignado poderá ser também involuntário, quando a dívida resulta de decisão judicial, como no caso de pensão alimentícia, por exemplo.

Para realizar a cobrança consignada, a empresa fornecedora deverá estar cadastrada na Prefeitura.

Fonte http://www.d24am.com/

Comments are closed.

ATENÇÃO

Este site NÃO tem NENHUMA relação com o serviço de consulta cadastral chamado CREDINFO POSTAL.

Enquanto este site, o www.credinfo.com.br, refere-se a um software de gestão para Correspondentes, o serviço CREDINFO POSTAL parece ser um serviço interno de consultas dos bancos, onde deve funcionar como um serviço de consulta cadastral, tipo o Serasa. Também ouvimos relatos que tal serviço chamado de CREDINFO POSTAL é consultado nas agências dos Correios.

Portanto se seu CPF foi negativo pelo CREDINFO POSTAL, procure o banco ou uma agência dos Correios e se informe sobre a origem desta negativação. Nós não temos condições de ajuda-lo, já que desconhecemos a origem deste serviço.

Então o site www.credinfo.com.br nunca foi um sistema de consulta cadastral e nem será. É apenas um site que oferece um software para download para correspondentes calcularem suas comissões de propostas.

É apenas uma coincidência dos nomes, enquanto este site chama-se Credinfo.com.br, o serviço de consulta cadastral, onde provavelmente negativou seu CPF, chama-se CREDINFO POSTAL.