Corretor tem nova opção para superar a queda nas vendas

seguro_carro
seguro-carroO corretor de seguros tem mais uma boa opção para enfrentar, e vencer, a queda na comercialização de seguros de veículos, provocada pela instabilidade na economia e a consequente retração das vendas de carros novos. Trata-se de um seguro que pode ser até 50% mais barato que as apólices tradicionais, mesmo oferecendo um amplo leque de coberturas e serviços ao segurado.

O Auto Roubo + Rastreador, desenvolvido pela Tokio Marine, já pode ser comercializado a partir desta terça-feira (27/09). O produto oferece vantagens como cobertura básica para furto, roubo e incêndio, além de assistência 24 horas e a instalação em comodato gratuita do rastreador.

Outra novidade que pode ajudar o corretor no processo de venda do produto, é a possibilidade de inclusão de cobertura para terceiros – responsabilidade civil danos materiais e corporais – vidros, carro reserva e todas as demais coberturas e serviços de seguro Auto. “Com este produto, vamos ampliar significativamente as oportunidades de negócios dos profissionais que comercializam nossos seguros e suprir as necessidades da parcela de consumidores que não contratam seguro porque não encontram preços acessíveis”, afirma o diretor de Automóvel da companhia, Luiz Padial, acrescentando que a Tokio Marine é a primeira grande seguradora a “oferecer um seguro de qualidade com rastreador, em vez de um rastreador com seguro.

Ele destaca ainda o fato de o seguro ser pago em até seis vezes sem juros ou 12 parcelas fixas.

O otimismo quanto ao sucesso de vendas do produto gera a expectativa de que, em três anos, o novo seguro responda por até 10% da receita total apurada na carteira de Auto.

Para o corretor, a Seguradora também oferece outras opções de produtos, cuja cotação pode ser feita por meio do Cotador Tokio Marine Auto – CTA. São elas: Tokio Marine Auto e Tokio Marine Auto Clássico.

A companhia também possibilita comissão flexível e preços mais competitivos e atraentes aos seus parceiros e clientes.

A Tokio Marine tem 1,2 milhão de veículos segurados e registrou R$ 1,1 bilhão em produção no primeiro semestre. Com esses números, o Market share da seguradora passou de 6,8% para 7,3%. “Atribuímos esse desempenho ao nosso foco na qualidade dos produtos e serviços, à flexibilidade dos seguros Tokio Marine e ao apoio dos mais de 20 mil corretores que trabalham conosco”, diz o executivo.

Não por acaso, há quatro anos consecutivos, considerando o intervalo entre 2012 e 2015, a Tokio Marine é a companhia que mais cresce em seguro Automóvel entre as dez maiores do setor. Em 2015, por exemplo, a companhia cresceu 19,3% nesse segmento, enquanto o mercado avançou 2,8%.

De acordo com Padial, a seguradora deve fechar o ano com um crescimento entre 5% e 6% em relação ao ano passado, mantendo o melhor desempenho entre as congêneres.

Fonte: CQCS – https://www.cqcs.com.br/noticia/corretor-tem-nova-opcao-para-superar-queda-nas-vendas/?utm_source=news-28-09-16&utm_medium=email&utm_campaign=cqcs

Comments are closed.

ATENÇÃO

Este site NÃO tem NENHUMA relação com o serviço de consulta cadastral chamado CREDINFO POSTAL.

Enquanto este site, o www.credinfo.com.br, refere-se a um software de gestão para Correspondentes, o serviço CREDINFO POSTAL parece ser um serviço interno de consultas dos bancos, onde deve funcionar como um serviço de consulta cadastral, tipo o Serasa. Também ouvimos relatos que tal serviço chamado de CREDINFO POSTAL é consultado nas agências dos Correios.

Portanto se seu CPF foi negativo pelo CREDINFO POSTAL, procure o banco ou uma agência dos Correios e se informe sobre a origem desta negativação. Nós não temos condições de ajuda-lo, já que desconhecemos a origem deste serviço.

Então o site www.credinfo.com.br nunca foi um sistema de consulta cadastral e nem será. É apenas um site que oferece um software para download para correspondentes calcularem suas comissões de propostas.

É apenas uma coincidência dos nomes, enquanto este site chama-se Credinfo.com.br, o serviço de consulta cadastral, onde provavelmente negativou seu CPF, chama-se CREDINFO POSTAL.