Verificar configuraes
Dinheiro rápido e barato: Crédito consignado é mais ?atrativo que empréstimo pessoal

Dinheiro rápido e barato: Crédito consignado é mais ?atrativo que empréstimo pessoal


Em Itajaí, a AC Cred é uma das agências credenciadas para operar o empréstimo consignado

A oferta é sedutora: dinheiro com pouca burocracia, com liberação rápida e, o mais importante, com juros muito baixos. As vantagens do chamado crédito consignado são muito superiores aos empréstimos convencionais, praticados pelas instituições bancárias, o que facilita a vida de quem precisa de dinheiro rápido e barato.
Cristiano dos Santos, proprietário da AC Cred, agência que opera empréstimos consignados, diz que uma das principais vantagens desse tipo de crédito é justamente o valor dos juros. “A taxa de juros é bem mais em conta do que um empréstimo pessoal”, afirma.
Em média, os juros de um crédito consignado giram em torno de 2,10% ao mês. Que é menos da metade do conhecido CDC, o crédito direto ao consumidor, praticado por banco ou grandes redes de varejo (veja tabela comparativa abaixo).
O proprietário da AC Cred explica que os juros do crédito consignado conseguem ser baixos porque os bancos credores têm a garantia de que receberão o que foi liberado, já que o pagamento das parcelas é feito através de desconto direto nas folhas de pagamento.
Por isso, em geral, os consignados são feitos para aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos. No caso da AC Cred, ressalta Cristiano, além dos aposentados, barnabés do estado e de órgãos federais podem fazer o empréstimo.
Os prazos de pagamento dos empréstimos consignados também costumam ser amplos. No caso de aposentados e pensionistas do INSS, chega até seis anos. Para servidores do estado e de órgãos federais, é ainda maior: oito anos. Em todos os casos, quem pede o dinheiro emprestado pode comprometer até 30% de sua renda.
Outra vantagem do consignado, diz Cristiano, é a facilidade de obter o empréstimo. “Não tem consulta no CPC ou no Serasa e não precisa deixar nada em garantia”, afirma. Por isso, o crédito consignado é muito mais desburocratizado e acaba saindo num tempo menor que um empréstimo comum bancário.

Agência credenciada
O empresário indica que as pessoas procurem sempre agências que tenham escritório físico e sejam credenciadas pela Associação Nacional das Empresas Promotoras de Crédito e Correspondentes no País (Aneps). “E é muito importante que as pessoas não entreguem seus dados por telefone para evitar caírem em golpes”, alerta.
O dono da AC Cred ainda lembra que é possível refinanciar as dívidas do empréstimo consignado e até mesmo fazer a “portabilidade”, que é mudar de uma instituição bancária credora para outra, procurando juros mais baratos. No caso da AC Cred, por exemplo, são 12 bancos que estão à disposição dos clientes.
A AC Cred tem quatro escritórios físicos na região. O central fica na rua Olímpio Miranda Júnior, 137, no centro de Itajaí. O outros são em Navegantes (Av. Santos Dumont, 136, centro); Penha (Rua Antônio Joaquim Tavares, 237, centro); e Barra Velha (Rua Paraná, 457, centro).

 

Comparação entre consignado e CDC
Instituição Taxa de juros
AC Cred 2,10%
Banco do Brasil* 5,81%
Bradesco* 6,54%
Caixa Econômica Federal* 5,71%
Itaú* 6,43%
Safra * 5,90%
Santander* 7,99%

Fonte http://diarinho.com.br/noticias/economia/dinheiro-rapido-e-baratocredito-consignado-e-mais-%E2%80%A8atrativo-que-emprestimo-pessoal/

Read More
TRT-SC determina que Banco do Brasil feche postos de atendimento fora de agências em todo o país

TRT-SC determina que Banco do Brasil feche postos de atendimento fora de agências em todo o país

Agência Banco do Brasil

Decisão em primeiro grau é baseada em alegação de terceirização da atividade fim. Banco ainda não foi notificado e cabe recurso

O juiz Valter Tulio Amado Ribeiro, da Tribunal Regional do Trabalho 12ª Região, em Santa Catarina, determinou, na noite da última quinta-feira, o fechamento das agências correspondentes do Banco do Brasil em todo o país. O pedido foi baseado na alegação de que os contratos firmados com os colaboradores que atuam nestes postos, localizados, em geral, em estabelecimentos comerciais e órgãos públicos, seriam uma terceirização da atividade fim do banco, o que é proibido por lei.

A ação foi movida por uma mulher que trabalhou em um posto de atendimento do Banco do Brasil até 2014. Ela alega que, mesmo sendo contratada por outra empresa, como caixa terceirizada, desempenhava funções idênticas às dos funcionários do banco, que, por determinação legal, são admitidos por concurso. O advogado responsável pelo pedido, Allexsandre Gerent, afirma que o modelo de contratação por terceirização observado nas agências correspondentes é uma fraude.

– Parece uma agência do Banco do Brasil, mas não é. O cliente nem sabe. E os trabalhadores não têm nenhum dos direitos que os concursados têm – explica Gerent.

Na decisão, o juiz determina que o banco “abstenha-se de delegar sua atividade fim a lojas, postos e agências correspondentes, com a finalidade de desenvolver tarefas de sua atribuição como entidade bancária vinculada ao Banco Central do Brasil”. O descumprimento da ordem acarretaria multa de R$ 1 milhão por dia.

As agências regulares do Banco do Brasil não são atingidas pela decisão, ou seja, seguirão abertas e sem restrições no atendimento. Procurado, o banco afirmou que ainda não foi notificado. Cabe recurso.

Fonte Diário Catarinense
Fonte http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2016/04/trt-sc-determina-que-banco-do-brasil-feche-postos-de-atendimento-fora-de-agencias-em-todo-o-pais-5778906.html

Read More
SC – Homem é preso em Blumenau ao pedir empréstimo com nome falso

SC – Homem é preso em Blumenau ao pedir empréstimo com nome falso

Suspeito levou documentos de outra pessoa ao banco.

Caso aconteceu na manhã desta terça-feira (23) no bairro Velha.

Um homem foi preso por estelionato na manhã desta terça-feira (23) em Blumenau, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi detido em flagrante quando tentava tirar um empréstimo em nome de outra pessoa.
A ocorrência foi registrada por volta das 11h na Caixa Econômica Federal, no bairro Velha. Segundo a PM, o homem apresentou RG, CPF e comprovantes de residência a um funcionário, solicitando a abertura de um empréstimo. O valor pedido não foi informado pelo banco.
Porém, a gerente da unidade reconheceu o suspeito, que já havia tentado tirar empréstimo com outro nome nos documentos, e acionou a PM.
O suspeito foi detido em flagrante por estelionato e levado à delegacia da Polícia Federal em Itajaí. Na sequência, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau.

Fonte Do G1 SC – http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2016/02/homem-e-preso-em-blumenau-ao-pedir-emprestimo-com-nome-falso.html

Read More
SC – PROCON alerta com relação a Golpe do Empréstimo

Aproveitando a inocência de alguns cidadãos, golpistas estão novamente agindo em Brusque. Consultas junto ao Órgão de Defesa do Consumidor foram registradas nos últimos dias. Ocorrências de igual prática já haviam sido observadas em outros anos.

Os golpistas entram em contato com o cidadão através de ligações telefônicas, realizando anúncios de falsos empréstimos bancários, com a oferta de dinheiro sem a burocracia. O atendente passa a solicitar depósitos, para agilizar o procedimento e liberar supostas quantias sem “descontos”; Quando o acordo é fechado, a promessa é de que o dinheiro caia na conta corrente do cliente em poucos minutos. Como o dinheiro não aparece, o cliente retorna a ligação diversas vezes e é informado de que precisa fazer mais depósitos, em quantias variadas, por questões diversas, em contas também diferentes e assim vão iludindo o cidadão e arrancando do mesmo mais e mais dinheiro.

“Os consumidores devem ficar atentos, sempre que for exigido um pagamento para receber um empréstimo. Nenhum Banco solicita depósito antecipado para liberar recursos. Nunca deposite qualquer quantia para ninguém, sob esta alegação. Para que se tenha a certeza de um negócio lícito e seguro, procure sempre uma Instituição Financeira” alerta o Diretor Geral do PROCON Fábio Roberto de Souza.

Embora os golpistas solicitem o depósito em contas de pessoa física, para a divulgação do falso empréstimo, alguns utilizam nomes de pessoa jurídica e CNPJs, o que pode ajudar na busca , identificação e responsabilização dos estelionatários, porém o caminho e tempo para a solução do problema podem ser longos.

Fonte http://www.adjorisc.com.br/

Read More